Chapa UNIDOS PARA VENCER DESAFIOS toma posse

É com grande alegria que informamos que a chapa UNIDOS PARA VENCER DESAFIOS foi a grande vitoriosa nas Eleições SINDPÚBLICOS-MG e os diretores tomaram posse no dia 02/02/2024. O mandato possui vigência 2024/2029.

Entre as propostas específicas assumidas para essa gestão estão:

– Lutar pela recomposição de perdas inflacionárias com reajuste geral para todos os servidores do poder executivo;

– Exigir a manutenção de todos os direitos adquiridos pelos servidores durante os anos de luta sindical dos servidores públicos;

– Lutar pelo plano de saúde do Ipsemg contínuo, um plano solidário e estendido a todos os seus usuários em todas as regiões do estado de Minas Gerais;

– Lutar pelos aposentados e pensionistas para que não sofram com a perda de seus direitos e o direito sagrado das remunerações.

A diretoria eleita ainda apresentou diversas propostas específicas, são elas:

Educação

– Aumento da Ajuda de Custo para os servidores das Superintendências Regionais de Ensino/Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais;

– Pagamento aos servidores das SER’s das Verbas Retidas;

– Melhoria das condições estruturais dos prédios da SER’s no que diz respeito à instalação elétrica, sanitária e aspecto físico dos mesmos e uso de mobiliário ergométrico para preservar a saúde dos servidores;

– Instituição de Políticas Públicas de combate ao Assédio Moral, por parte da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais para viabilizar ações preventivas e extirpar o Assédio Moral do âmbito das Superintendências Regionais de Ensino;

– Continuar articulando junto a SEPLAG/SEE para que seja pago todo o passivo de Férias- Prêmio adquiridas até 29 de fevereiro de 2004 que foram convertidas em espécie com a aposentadoria;

– Revisão das tabelas salariais visando diminuir a diferença salarial entre os cargos de Técnico da Educação(TDE) e Analista Educacional (ANE);

– Regulamentação da certificação para todos os servidores das SRE´s;

– Aumentar a porcentagem para o gozo de férias-prêmio para os servidores das SER’s.

– Valores de diárias do TDE igual aos valores de diárias do ANE. Diárias estas que são pagas para os servidores que se deslocam a serviço para outros municípios, onde têm que arcar com despesas de hospedagem e alimentação, sendo que, as despesas são as mesmas para os TDE e ANE, não justificando que os valores das diárias sejam maiores para os ANE e menores para os TDE.

Fazenda

Nos últimos anos tivemos ameaças de retiradas de direitos como, por exemplo, os quinquênios do período da pandemia, que em conjunto com as demais entidades representativas dos servidores públicos, através de articulações políticas junto aos tribunais, como também na Assembleia Legislativas conseguimos o restabelecimento dos pagamentos, inclusive os atrasados. Por isso, continuaremos através do diálogo e articulações com as demais entidades representativas do funcionalismo público na defesa dos serviços e servidores públicos. sobretudo com os demais sindicatos que representam servidores da SEF, na defesa da nossa pauta especifica para que possamos avançar. Assim, continuaremos na luta da nossa pauta especifica de reivindicações, a saber:

– Luta permanente pela reposição inflacionária, como forma de manter o poder aquisitivo dos salários;

– Incorporação de parte da GDI (pauta conjunta), na qual o maior beneficiado serão os aposentados que não recebem a gratificação, pois se considerar que 50% da GDI – corresponderá a um aumento significativo, assim como resolverá a questão do teto;

– Luta pela alteração da legislação (teto da GDI) para que seja sanado o desconto que vem sendo lançado no contracheque desde janeiro de 2022.

– Inclusão no Grupo de Atividade de Tributação, Fiscalização e Arrecadação – GTFA, como segurança jurídica para as carreiras de Técnicos e Analistas.

– Concurso para as carreiras de Técnicos e Analistas, como forma de não extinção das carreiras pela vacância.

– Melhorar a comunicação como forma de integração e aproximação com os filiados.

 Sedese

– Plano de carreira da Sedese

– Articulação e mobilização dos servidores para movimentos importantes da categoria, seja na CAMG ou na ALMG.

Segurança pública

– Aprovação da Lei Orgânica da Polícia Penal

– Combate ao assédio moral e sexual no sistema prisional e socioeducativo

– Cuidado com a saúde ocupacional dos servidores

– Inclusão dos servidores Aeds, Aseds e Aneds na lei orgânica da polícia penal.

– Confecção de lei orgânica para o sistema Socioeducativo

– Melhoria salarial para os servidores administrativos do sistema

Socioeducativo e prisional

– Garantia de lotação dos servidores nas unidades e na Sejusp diante dos projetos de cogestão e/ou privatização

Seplag

– Resgatar nossos direitos de dignidade e respeito com valorização justa.

– Combate ao assédio moral (atividade meio x atividade fim)

– Revisão e reestruturação do Plano de Carreiras

– Melhoria nas condições de trabalho, principalmente na área de saúde do servidor

– Abertura de concurso para todos os cargos

 

É importante que a diretoria eleita reitera o compromisso com cada filiado, agradecendo cada voto e confiança no trabalho assumido por essa chapa.

 

Atenciosamente,

Diretoria SINDPÚBLICOS-MG

Compartilhe esta matéria :

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Atenção ao golpe

últimas notícias
Cadastro

Cadastre-se para receber notícias

Cadastre seu e-mail para receber as novidades